Alimentação

Comida simples, saudável e deliciosa

Você já parou para pensar que quando comemos, colocamos um pedaço do mundo para dentro de nós*? Quando as crianças comem, que pedaço de mundo elas estão experimentando? A Escola Catavento cuida destes pedaços de mundo com muito carinho. E o mundo que as crianças ingerem é marcado por valores importantes para a escola, como a simplicidade e a diversidade.

CONFIRA OS CARDÁPIOS MENSAIS

Cardápio novembro 2018
Cardápio outubro de 2018 *
Cardápio setembro 2018
Cardápio agosto 2018

A escola oferece as refeições em parceria com a Sara Refeições Caseiras. “Fomos visitá-los e pudemos conferir a qualidade dos produtos que eles usam para cozinhar, a limpeza e higiene da cozinha e a dedicação da família que acompanha o negócio pessoalmente”, conta a diretora Adelia Morelli.

Presença, simplicidade, família e um ambiente que é a extensão da nossa casa. Estas são marcas da Catavento que também são símbolos da Sara Refeições. A empresa atende outras escolas na cidade, além de hotéis e outros clientes pelo sistema delivery e no pequeno refeitório, onde serve refeições diariamente pelo sistema self service e marmitas. “Trabalhamos com muitos tipos de cliente, mas fazer comida para crianças faz toda diferença”, afirma a Dra. Patricia Marques, nutricionista.

Ela conta que quando pensa em uma refeição para crianças, considera diversos elementos. “Elas precisam entrar em contato com cores, sabores e texturas, porque são movidas pela curiosidade. É um trabalho educativo, porque estamos ajudando a construir o gosto delas pela alimentação e pelos alimentos”, completa.

Trabalho educativo

A Dra. Patricia acompanha as refeições, visita as escolas para conversar com as crianças e com as famílias e está disponível para a escola sempre que necessário. Ela conta que a construção do cardápio é um diálogo permanente. “Penso em simplicidade, em uma comida saudável e gostosa, na diversidade dos ingredientes, na tabela nutricional, nas cores, na aceitabilidade e vou trabalhando com os retornos que a escola me dá”, explica.

O cardápio diário é composto sempre por três tipos de salada, um prato principal (que em geral é uma proteína e pode ser carne, frango ou ovo), os acompanhamentos (em geral, arroz e feijão), as guarnições (macarrão, farofa e outros complementos) e a sobremesa, que é sempre uma fruta. “Fazemos esta composição, de modo que nunca nenhuma criança fique sem comer”. A Sara Refeições não trabalha com embutidos ou frituras. “Sabemos que o desenvolvimento deles e a sua saúde dependem do que eles comem”, afirma a diretora Adelia.     

Restaurante divertido

Adelia conta que para apresentar a novidade às crianças, a escola optou por servir o almoço em um ‘restaurante’ montado no refeitório, onde cada criança serve seu próprio prato com o auxílio das educadoras. “Eles estão encantados. E nós também! Tem sido uma troca gostosa, porque temos aproveitado para conversar sobre cada componente da refeição, nomeá-los, falar sobre suas propriedades e sobre a importância de comer bem e com diversidade”, explica Adelia. “Nos preocupamos com isso. É importante que as crianças possam identificar cada alimento”, afirma a Dra. Patrícia.  

No “Restaurante Catavento”, as crianças podem repetir a refeição e isso é também motivo para aprender. “Conversamos com eles sobre a importância de servir apenas o que vão comer, para evitar desperdício”, conta Adelia.“Eles estão comendo muito bem, porque criança gosta de comida simples, caseira e bem feita”, completa a diretora Myrian Bayeux.

Simplicidade, presença e atenção, diversidade, gostinho de casa e muito amor. Na Catavento, é este o mundo que as crianças colocam para dentro quando comem.

* “Comer é colocar mundo para dentro de si” é o nome de uma atividade de contação de histórias de Kiara Terra. A autoria desta ideia é atribuída a ela.  

Confira imagens das crianças se servindo no ‘restaurante’

* A partir do mês de outubro de 2018, consta no cardápio como prato principal “feijão preto”. Nos dias em que servimos este feijão, não servimos outra proteína animal, porque ele tem carne vermelha picada (imitando uma “feijoadinha”, mas sem nenhum item de porco). Nos demais cardápios, este item aparecerá sempre como “feijoadinha”.