:: Clarice apresenta para crianças os encantos do universo craft ::

Na visita desta semana do Projeto Eu Nasci Aqui, a turminha do GIII conheceu o trabalho da Clarice Moraes, mãe da Betina. Ela é formada em pedagogia e produz eventos, mas seu principal fazer no momento é o craft.

O termo em inglês já foi apropriado e adaptado à nossa língua e ganhou variações. Serve para designar um universo relacionado à arte, especialmente ao que é feito à mão (handmade) ou feito pela própria pessoa (DIY – Do It Yourself / Faça você mesmo). Clarice dá workshops, oficinas e aulas particulares ensinando pessoas a usarem seus talentos manuais para “craftar”.

Betina ficou muito orgulhosa em apresentar as habilidades de sua mãe e presentear os colegas com as pulseirinhas que eles crochetaram ali mesmo para cada um(a), com ajuda de Clarice e da Gisele.

Leia o depoimento que ela escreveu para nosso site, explicando a história do crochê em sua família e o seu trabalho.

“O crochê foi algo que passou de geração em geração lá em casa. Minha avó ensinou minha mãe e minha mãe me ensinou! Faço desde os nove anos. Eu não tinha agulha e derreti a ponta de uma vareta do jogo “pega varetas” para fazer uma agulha. Hoje, já sei que dá pra fazer crochê só com os dedos e foi o que ensinei para eles.

Quando a Betina tinha 1 ano e 10 meses, eu aprendi a fazer os bichinhos e pouco a pouco passei a aceitar encomendas. Com a facilidade de criar peças autorais, passei a ser “handmade designer”: crio padrões para outras pessoas crochetarem e atuo muito nas redes sociais, como influenciadora no meio Craft. Mostro meu dia a dia criativo e as atividades manuais que faço junto com a Be no meu Instagram @cacarecos_craft”.

Veja a galeria de fotos da visita.