Um dia das crianças especial

Sim, hoje está sendo um dia das crianças diferente. 

Mas não podemos perder de vista a essência da infância: o brincar. 

Que – não por coincidência – é também a base da nossa Escola. 

Se, por um lado, estamos tristes, por não poder ver a Catavento cheia de sons e cores das crianças, por outro, encontramos uma forma de estar presentes para elas nesta data tão especial.

Começamos a trilhar um brinquedo montado com sucata para cada criança e vamos mandar para as casas de cada aluno e aluna este início de brinquedo com tintas, pincéis e outros adereços, para que as crianças os finalizem.

Foi este o jeito que encontramos de manter algumas tradições da Escola: estar presente, incentivar o consumo consciente e trabalhar a autoria e as manualidades, transformando a construção do brinquedo em um processo divertido: uma brincadeira! 

Habitualmente, trabalhamos com as crianças a ideia de que construir os próprios brinquedos é divertido e que podemos construí-los ao nosso gosto, reaproveitando materiais e sucata. 

Nas oficinas de arte com a professora Ana, ela costuma trazer sugestões para os grupos e as crianças constroem, brincam aqui com os colegas e depois levam o brinquedo para casa. 

Elas sempre ficam muito felizes e valorizam bastante essas produções. 

Não é raro observarmos que esses brinquedos aparecem aqui pela Escola no dia do brinquedo, às sextas-feiras, quando elas podem trazer um brinquedo de casa.

Alguns aparecem até depois de muito tempo que foram construídos.