O que é que tem na sopa da Catavento? Alimentos plantados e colhidos aqui!

Com o “Projeto Jardinagem”, Escola quer aproximar crianças da natureza por meio do cultivo de alimentos e plantas. Resultados serão celebrados e consumidos pelos pequenos.

A Catavento vai ganhar hortas e jardins plantados coletivamente. O projeto “Jardinagem na Catavento” começou esta semana e tem como objetivo aproximar as crianças da natureza por meio do cultivo de alimentos e outras plantas.

Luciano Onça, consultor responsável pelo projeto, explica que as crianças vão vivenciar o cultivo de alimentos e flores em todas as suas etapas. “Elas vão preparar o solo, produzir mudas, irrigar e fazer parte do manejo. A ideia é que elas tenham prazer de ver o desenvolvimento da planta e que possam colher e compartilhar com os colegas os resultados”, explica Luciano, que conta com o apoio técnico Régis Rossi para a realização do projeto.

Luciano e Régis conversam com as crianças antes da atividade do projeto.

A diretora Adelia Morelli celebra o início do projeto. “Nos primeiros dias, foi tocante ver os olhos das crianças brilhando enquanto brincavam com a terra e as minhocas. Acredito que vai ser ainda mais bonito quando elas tomarem contato com os frutos do que plantaram”, diz.

Ela lembra que o projeto está sendo realizado a pedido das famílias da comunidade, que manifestaram o desejo por uma escola mais verde na pesquisa realizada no final do ano de 2018. “Estamos felizes em poder atender a este pedido das famílias e esperamos que todos(as) prestigiem o projeto”, diz.

Luciano fala dos temas e valores que devem ser colocados em pauta com o projeto. “Poderemos abordar questões de saúde e de relação humana com os recursos naturais quando for possível e na medida que as crianças questionem”, diz. “A alimentação é outro tema que será abordado em alguns momentos, pois cultivaremos alimentos”, acrescenta.

Ele espera que as crianças possam comer uma sopa feita com algo que foi produzido na escola ou mesmo tomar um chá feito com as plantas cultivadas no projeto. Nesta entrevista, Luciano detalha os objetivos do projeto, como ele será realizado e que valores serão trabalhados com as crianças.

>> Esta semana, as crianças cuidaram da Jabuticabeira da Escola com ajuda de Luciano. Elas colocaram terra para fortalecer a árvore tão querida do pátio interno da Catavento.

O “Projeto Jardinagem” – além de atender a uma demanda da comunidade apresentada na pesquisa de 2018 – está conectado com o projeto pedagógico deste ano, que tem como tema transversal a convivência social focada na perspectiva da cidadania.

Qual o objetivo do projeto?

A proposta do trabalho de jardinagem na Catavento é aproximar as crianças da natureza por meio do cultivo de alimentos. Como sabemos, a vida urbana tende a nos manter afastados do mundo natural e da produção agrícola. No entanto, desejamos que nossas crianças se preocupem com o meio ambiente e se interessem por pratos saudáveis. É um quebra-cabeça difícil. Entendo que uma criança só vai gostar da natureza se conviver com ela. Nosso trabalho é mostrar que o cuidado com o meio ambiente começa no quintal da nossa escola, na nossa rua ou bairro.

Como vai funcionar o projeto?

O que proponho é que as crianças vivenciem o cultivo de alguns alimentos e flores em todas as suas etapas. Que preparem o solo, que produzam mudas, que irriguem e façam uma parte do manejo, que tenham o prazer de ver o desenvolvimento da planta, e que possam colher e festejar com os colegas os resultados. Dentro desse processo, há vários aprendizados. Parte do solo que utilizaremos, por exemplo, será o húmus gerado pelas minhocas que eles estão alimentando com resíduos orgânicos. Isso os permitirá compreender alguns dos ciclos naturais e entender que restos orgânicos não são “lixo”. Eles compreenderão ainda que é possível trazer mais vida para a cidade com ações simples, mesmo em lugares que aparentemente não possuem espaço para isso. Ver a escola florida ou produzindo batatas ao final do processo pode ser incrível para uma criança.

Que outros valores são trabalhados no projeto?

O trabalho tem como referência os princípios da agroecologia. Utilizaremos somente adubação orgânica e defensivos naturais. Dessa forma, poderemos abordar questões de saúde e de relação humana com os recursos naturais quando for possível e na medida que as crianças questionem.

A alimentação é outro tema que será abordado em alguns momentos, pois estaremos cultivando alimentos. Esperamos comer uma sopa feita com algo que produzimos, ou mesmo tomar um chá feito com nossas plantas.